Identificação de padrões de estalados: estudo de caso nas pinturas de Adriano de Sousa Lopes

  • Liliana Querido Cardeira Universidade de Belas Artes - Universidade de Lisboa
  • Ana Guerin Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
  • Ana Maria Dos Santos Bailão Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
  • António Estevão Candeias Laboratório Hercules, Universidade de Évora
  • Fernando António Baptista Pereira Faculdade de Belas Artes Universidade de Lisboa, FBAUL/CIEBA

Resumen

Esta investigação realizou-se no âmbito da intervenção de conservação e restauro de doze pinturas do artista Português Adriano de Sousa Lopes (1879-19), pertencentes à coleção de pintura da Universidade de Lisboa (FBAUL).
Este estudo teve como objetivo analisar o tipo de estalados presentes nestas obras de Sousa Lopes. Inicialmente, efetuaram-se análises ao material constituinte das preparações, aglutinantes e pigmentos, para, posteriormente, estudar as características físicas das fissuras. Para esse estudo utilizou-se um programa de sistemas de informação, QGIS®. Quanto à classificação dos tipos de estalado, utilizaram-se as metodologias desenvolvidas por Spike Bucklow e Knut Nicolaus. Concluiu-se que estas doze obras de Sousa Lopes apresentam quatro tipos de estalados, que variam em função do período de estada em Lisboa (estalados de espiral, grinalda e grade) e em Paris (estalados de grade fixa, reticulares e diagonal). Os estalados presentes são de idade e prematuro, sendo que a sua origem deriva do mau emprego da técnica e do material, da pouca qualidade do material, da utilização excessiva de secante e de negligência na preservação em acervo.

Biografía del autor

Afiliaciones del autor

PhD in Science of Art student at the Faculty of Fine Arts of the University of Lisbon (FBAUL). Graduated in the Science of Art and Heritage and a Master's Degree in Conservation, Restoration and Production of Contemporary Art, with a thesis entitled "The preservation and restoration of five academic paintings by Adriano de Sousa Lopes, belonging to Painting Collection of FBAUL", concluded in 2014. She also have a post-graduate course in museology and museography. She has been developing her work in the field of conservation and restoration on the academic paintings of Adriano de Sousa Lopes, belonging to Painting Collection of FBAUL.

Afiliaciones del autor

Iniciou os seus estudos em Conservação e Restauro em 1995 no Instituto Rainha D. Leonor, tendo concluído o curso profissional de Técnico de Conservação e Restauro de Bens Culturais/pintura de cavalete em 1998. Um ano mais tarde vai para o Instituto Politécnico de Tomar para o curso de Conservação e Restauro, que termina em 2002. No mesmo ano cria o seu próprio atelier, onde desenvolve trabalhos de C&R para vários clientes particulares, estatais, instituições privadas e patriarcado. Atualmente frequenta o mestrado de Ciências da Conservação e Restauro e Produção de Arte Contemporânea, na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Afiliaciones del autor

Diploma in Conservation and Restoration by the Polytechnic Institute of Tomar (2005) and a master ́s degree in Painting Conservation by the Portuguese Catholic University (2010). The master research was about
methodologies and techniques of retouching. PhD in Conservation of Paintings at the same university, in
collaboration with the Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) and the Instituto del Patrimonio Cultural de España (IPCE), Madrid. The doctoral research was about the criteria and methodologies which might help to enhance the quality of painting retouching. The projects are presented
through publications, lectures, exhibitions and presentations. Teaching about conservation and restoration, especially chromatic retouching, since 2008. Since 2004 carrying out conservation and restoration works.

Afiliaciones del autor

Graduated in Technological Chemistry and Post graduate in Chemistry Applied to Cultural Heritage by the University of Lisbon Science Faculty and PhD in Chemistry by the University of Évora. Specialized in Surface Chemistry and Heritage Science he is Associate Professor with Aggregation in the Department of Chemistry of the Evora University School for Sciences and Technology, Director of the HERCULES Laboratory of the same University, Scientific Coordinator of José de Figueiredo Laboratory of the General Directorate for Cultural Heritage (Direcção Geral do Património Cultural) and Director of ERIHS.pt infrastructure of the National Roadmap of Strategic Research Infrastructures (Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico).

Afiliaciones del autor

Born in Lisbon in 1953. He has a BA in History (Faculty of Letters of the University of Lisbon), an MA in Museum Studies (former Portuguese Institute of Cultural Heritage) and a PhD in Sciences of Art, specialisation in History of Art (Faculty of Fine Arts of the University of Lisbon). He has been teaching in the University of Lisbon since 1979, and is presently an Associate Professor at the Faculty of Fine Arts, where he is also the President of the Scientific Council and the Director of the Research Centre for Fine Arts. He conceived the study plan for the BA in Art and Heritage Sciences and the MA in Museum Studies.

Citas

AAVV (2015) Catálogo Expositivo Adriano de Sousa Lopes 1879-1944 – Efeitos de Luz. Lisboa: MNAC.

AA.VV. (2007) Craquelures dans les couchés picturales des peintures d’art. Paris, reflects de la Phyique, nº 3, pp. 5-9.

ABAS, F. S. (2002) “Analysis of craquelure patterns for content-based retrieval”. University of Southampton, England: Thesis in Electronics and Computer Science.

AGUIAR, M. (2012) “Os materiais e a técnica de pintura a óleo na obra de Aurélia de Souza e a sua relação com a conservação”. Escola das Artes, Universidade Católica do Portuguesa, Porto: Doutoramento em Conservação de Pintura, pp. 89- 250.

AGUIAR, M., CALVO, A. & CRUZ, A. (2016) “As academias e as suas implicações na representação da figura humana por Aurélia de Sousa”. Coleções de arte em Portugal e Brasil nos séculos XIX e XX – As academias de Belas Artes Rio de Janeiro, Lisboa e Porto (1816-1836). Portugal: Caleidoscópio, pp. 225-234.

BERGER, G. A. & RUSSELL, W. H. (1994) “Interaction between canvas and paint film in response to environmental changes”. Studies in Conservation 39, pp. 73-86.

BORDONI, L. & MOSCARA, G. (2010) A system for the investigation of cracks. Proceedings of the 2010 international conference on Electronic Visualisation and the Arts. British Computer Society.

BUCKLOW, S. (1997) ”The descripton of craquelure patterns”. Studies in Conservation, :3, pp. 19-10.
BUCKLOW, S. (2012) “The classification of craquelure patterns in Conservation of Easel paintings”. London: Routledge, p. 285

CALVO, A. (2003) “Conservación y restauración – Materiales, técnicas y procedimientos. De la a Z”. Barcelona: Ediciones del Serbal, pp.69-70.

CALVO, A. (2006) “Técnicas e Conservação de Pintura”. Portugal: Civilização Editora.

CARDEIRA, A. M. (2014) “Caracterização Material e Técnica das “Académias de Nu” de José Veloso Salgado, pertencentes à Colecção de Pintura da FBAUL”. FBAUL: Dissertação de Mestrado em Ciências da Conservação, restauro e produção de Arte Contemporânea.

CARDEIRA, L. (2014) Conservação e restauro das obras de Adriano de Sousa Lopes da Colecção da FBAUL. FBAUL: Dissertação de Mestrado em Ciências da Conservação, restauro e Produção de Arte Contemporânea.

COMISSION DES COMMUNAUTES EUROPEENNES DGXIII Luxembourg. Narcisse-Network of art research computer image sytms in Europe. Systeme Documentaire des peintures et enluminures. Lisboa: Arquivos Nacionais/ Torre do Tombo, 1993, p. 218

CONSTANTINI, G. M., CONSTANTITI, R. C. & FIORI, C. (2011) “Il restauro dei dipinti “olio su tela. Clueb Cooperativa Libraria Universitaria Editrice Bologna, p.31

CRUZ, A. “Entre a tradição e a modernidade: os pigmentos ao dispor dos artistas e o conhecimento sobre esses materiais em Portugal no início do século XX”, estudos de conservação e restauro, nº 1, pp. 93-112.

FERRAZ, Â. et all. (Novembro de 2014) “A técnica e a cor do romantismo pelas mãos de Tomás de Anunciação”. Actas do IV Congresso de História da Arte Portuguesa em Homenagem a José-Augusto França, Lisboa: apha.

FUENTES-PORTO, A. (2011) “La tecnología SIG al servicio de la cuantificación numérica del deterioro en superficies pictóricas. Un paso más hacia la objetivización de los diagnósticos patológicos”. En: V Congreso GEIIC. Patrimonio Cultural, criterios de calidad en intervenciones. Madrid: Grupo Español de Conservación, 2012, pp. 363-372.

HENRIQUES, F. (2012) “Metodologias de Documentação e análise espacial em conservação de Pintura”. Escola das Artes, Universidade Católica do Portuguesa, Porto: Doutoramento em Conservação de Pintura.

HENRIQUES, F.; MENDES, S.; BAILÃO, A.; CANDEIAS, A.; GONÇALVES, A. & VIEIRA, E. (2015) “Sistemas de informação geográfica na documentação de bens culturais: aplicabilidade a uma pintura do século XVI da coleção particular do seminário maior do porto”. SASIG, Livro de Atas.

LABORATÓRIO HERCULES. (2016) http://www.hercules.uevora.pt/[Consultado em 21-11-2016]
MALTIEIRA, Rita. (2014) “A tela Portuguesa. Estudo de um conjunto de pinturas do Museu Nacional Soares dos Reis”. In Matrizes da investigação em Conservação e Restauro I. Porto: Universidade Católica Editora.

NICOLAUS, Knut. (1998) “Manual de Restauración de Cuadros”, Könrmann, p.165 – 187.

OLAYA, V. (2012), ‘Sistemas de informação geográfica’. Tomo I. In OSGEO, http://wiki.osgeo.org/wiki/Libro_SIG [Consultado em: 21-11-2016]

PADFIELD (2016) Tim. “Stress, strain and craquelure”. http://www.conservationphysics.org/strstr/stress8.php [consultado a 04-12-2016]

QGIS. — http://www.qgis.org/en/site/about/case_studies/index.html [Consultado em, 21-11-2016]
SIMAS, H. I. F. DE S. (2002) “A pintura de Adriano de Sousa Lopes e o seu pré- modernismo”. Vols. Dissertação de Mestrado em Teorias da Arte, Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

STUART, B. (2007) “Analytical Techniques in Material Conservation”. England: Wiley.

— (2016) Stress, strain and Craquelure. http://www.conservationphysics.org/strstr/stress2.php [Consultado em 9-12-2016]

YOUNG, Christina. (2014) “The painted surface and interface”. Chapter 3. Research agenda 2014-2020, Netherlands Organization for Scientific Research and the Rijksmuseum Amsterdam, p. 79.
Publicado
2017-12-16
Cómo citar éste artículo
CARDEIRA, Liliana Querido et al. Identificação de padrões de estalados: estudo de caso nas pinturas de Adriano de Sousa Lopes. Ge-conservación, [S.l.], v. 1, n. 12, p. 111-125, dic. 2017. ISSN 1989-8568. Disponible en: <http://ge-iic.com/ojs/index.php/revista/article/view/534>. Fecha de acceso: 27 abr. 2018

Recomendaciones por el Autor (títulos/cabecera)

Recomendaciones por el Autor (sin patrón)